PT | 
 

 

 

RELATÓRIO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA 2011

 

À semelhança do que acontece em diversas áreas da sua actuação, a mcel desenvolveu durante o ano de 2011 um intenso programa de responsabilidade social que reforça o seu posicionamento na sociedade, ciente que a sua intervenção nas áreas da Educação, Saúde, Desporto e Cultura contribuiu para a melhoria da qualidade de vida das pessoas, reforçando a posição de líder nacional na consolidação das suas práticas socialmente responsáveis.

 

A revisão do Código de Conduta Ética  da mcel, desenhado com base nos princípios da Responsabilidade Social Corporativa, permitiram o desenvolvimento de um bom clima organizacional da empresa, através de um conjunto de valores que visam funcionar como indicadores claros de conduta ética nas normas e procedimentos internos da empresa a serem cumpridos por todos os seus colaboradores.

 

Na Educação, a mcel celebrou um memorando de entendimento com o Ministério da Ciência e Tecnologia, visando a implementação de Centros Multimédia Comunitários em seis distritos do País, um projecto que consiste na disponibilização de vídeo-cursos, manuais de competências técnico-profissionais sobre desenvolvimento comunitário, agricultura, pecuária e outros, para incentivar o empreendedorismo no país, como forma de aproximar às populações das Tecnologias de Informação e Comunicação.

 

Ainda no sector da Educação, o apoio da mcel estendeu-se mais uma vez às Olimpíadas de Informática realizadas em todas as províncias de Moçambique, um concurso promovido pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, com o objectivo de estimular o interesse dos alunos da 8ª à 10ª classe, ou equivalente, pelo desenvolvimento tecnológico e capacitá-los no uso das tecnologias de informação e comunicação.

 

Num projecto que se enquadra no desenvolvimento da educação no país, assegurando aos estudantes moçambicanos um intercâmbio académico e profissional internacional, a mcel renovou a sua parceria com a AIESEC Moçambique, uma organização gerida por jovens estudantes que tem como objectivo desenvolver o potencial humano, através de uma plataforma internacional para o desenvolvimento de futuros líderes da sociedade moçambicana, apoiando financeiramente à organização para poder desenvolver as suas actividades no sector da educação.

 

No que concerne à Saúde, a mcel em parceria com o Ministério da Saúde envolveu-se na campanha nacional de saúde oral, designada “Criança Sorridente, Escola Feliz", que abrange cerca de 30 mil crianças de 10 escolas e igual número de creches, com o objectivo de sensibilizar e motivar a comunidade escolar sobre a importância dos cuidados de saúde oral, contribuindo para a melhoria da condição da saúde das crianças na idade pré-escolar, escolar e da população em geral.

 

Para assinalar o Dia Internacional da Criança, a mcel ofereceu aos filhos dos seus colaboradores diversos quites ligados ao tema ambiental, como forma de consciencializar e sensibilizar as crianças sobre a importância da protecção do ambiente, através de acções ambientalmente sustentáveis como a prática de reciclagem dos materiais e implementar acções que visem a redução dos impactos ambientais e de consumo de recursos naturais.

 

Ainda no âmbito da sua actuação socialmente responsável e como forma de promover o trabalho voluntário na empresa, a mcel ofereceu ao Centro de Acolhimento Reencontro, responsável por 7 mil crianças carenciadas nas cidades de Maputo e Gaza, artigos diversos, entre eles 100 redes mosquiteiras e igual número de mochilas escolares, 55 sacos cama, refeições e camisetes, resultantes do reflexo do forte espírito solidário e voluntário dos seus colaboradores.

 

No percurso do ano 2011, a operadora orgulhosamente moçambicana que dentre as suas acções socialmente responsáveis privilegia também a Cultura, especificamente a literatura moçambicana, patrocinou as obras literárias denominadas "Memórias da Revolução 1962-1974" e "Samora Machel na Memória do Povo e do Mundo”, do Centro de Pesquisa da História da Luta de Libertação Nacional e parte destes livros serão oferecidos às Bibliotecas das Universidades e Escolas Secundárias do País, ainda no âmbito da Responsabilidade Social Corporativa da mcel.

 

Foram igualmente patrocinadas as obras dos escritores Ana Mafalda Leite, Noémia de Sousa, Eduardo White e Nelson Chacha, como forma de promover e resgatar a cultura e identidade moçambicana.

 

Para responder às crescentes preocupações dos cidadãos moçambicanos no que respeita à prevenção e combate aos acidentes de viação e suas consequências nefastas, a mcel, ainda dentro das suas acções socialmente responsáveis, ofereceu à Polícia de Trânsito de Moçambique, uma sala completa de informática, para a instalação de uma base de dados para o registo e cadastro de viaturas e multas aos automobilistas. Com este apoio, a corporação passou a ter um instrumento para melhor controlo e gestão das infracções ao código de estradas.

 

Nos finais de 2011, a mcel promoveu internamente a tradicional Feira do Livro, que consiste na troca de livros de autores patrocinados pela empresa por produtos alimentares não perecíveis, como resultado desta acção cerca de 367 quilogramas de alimentos não perecíveis foram oferecidos à Pediatria do Hospital Psiquiátrico do Infulene, como forma de demonstrar o seu papel solidário junto das pessoas que precisam e proporcionando um natal sorridente aos doentes.

 

 

Há um sorriso que nos liga!

Clique para listar as tarefas